DOLCE VITA
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


ETERNA APRENDIZ




 
Detesto calor infernal
E dor sem ponto final
Desrespeito, o  pior tormento
Vida engessada num momento!
 

Odeio o sarcasmo em corações gelados
Acordos no porão, suspeitos ou velados
Naturezas perversas rondam no compasso do avesso
De olho em teus passos, como se todos tivessem preço!
 

Nesta vida descuidada não passo de uma eterna aprendiz
E desejo a mais intensa alegria, estou sempre por um triz
Pouco importa as coleções em rótulos de careta à indecente
Sou apenas isto: singular e plural, nada assim tão diferente!
 

Sem a menor vocação para bússola, nunca apontarei o teu Norte
Creio em mérito, esforço real, trabalho árduo e uma gota de sorte...





(*) IMAGEM: Google

http://www.dolcevita.prosaeverso.net

Dolce Vita
Enviado por Dolce Vita em 02/03/2010
Alterado em 04/03/2010
Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários