DOLCE VITA
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


DE REPENTE, NO ÚLTIMO INVERNO

 
 
 
Alice olhava para o amante como se nunca o tivesse visto. Tudo ao seu redor parecia girar devagarinho. Ela ainda tentou entender o que era aquela vontade de ficar ali, o corpo imóvel como uma estátua. Por um brevíssimo instante, a imagem da brincadeira de sua infância a fez tremer: então era assim que se morria?



 


 
Dolce Vita
Enviado por Dolce Vita em 06/10/2016
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Áudios Relacionados:


Comentários