DOLCE VITA
Capa Meu Diário Textos Áudios Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato Links
Meu Diário
13/05/2009 00h26
Corpo da Palavra








                        Teus versos se injetam
                        em corrente sanguínea.




                                     
                                                                    A palavra é corpo,
                                                                    e o poema, sina.
                                                       

                                                                          

                        Reconheço a tortura 
                        labirinto cínico.



                                                                    Eu sei, 
                                                                    eu sinto.


Publicado por Dolce Vita
em 13/05/2009 às 00h26
Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.