DOLCE VITA
Capa Meu Diário Textos Áudios Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato Links
Textos
CONFISSÕES INVENTADAS
 



Carolina desejava que Antonio ainda se lembrasse daquele dia porque o amor não existe sem memória. E que a saudade também o invadisse no meio da noite ou num fim de tarde qualquer. Mesmo fora da vida de Antonio, Carolina sentia tanta falta das coisas que só experimentou ao lado dele. Incapaz de superá-lo, ela tinha consciência de que conviveria com sua marca até o fim. E, apesar de tudo, não havia tristeza nisto. Apenas verdade.



 
(*) IMAGEM:  IRENE JACOB 

"A DUPLA VIDA DE VERONIQUE"

DIREÇÃO KRZYSZTOF KIÉSLOWSKI


http://www.dolcevita.prosaeverso.net
Dolce Vita
Enviado por Dolce Vita em 03/09/2018
Alterado em 21/09/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Áudios Relacionados:
Comentários